Comendo a namorada do filho na minha cama

Fui para a praia com minha família e terminei comendo a namorada do filho que é uma safada e me deu a buceta de uma maneira bem gostosa.

Eu moro no litoral sozinho, sou separado da mãe dos meus filhos. Em um final de semana convidei meu filho mais novo que tem 25 anos e sua namorada para passar o final de semana comigo em uma casa de praia que eu tinha alugado, eles vieram e foi bem legal.

No último dia meu filho ficou muito bêbado e foi dormir cedo, deixando eu e sua namorada sozinhos na praia.

Ela queria se bronzear então pediu para que eu passasse o bronzeador por o seu corpo, se deitou de costas e eu passei.

– Que mão gostosa o senhor tem. Ela falou.

– Eu sou todo gostoso. Falei.

– É verdade. Falou ela sorrindo.

Fui beber uma cerveja sentado e ela ficou ali deitada se bronzeando no sol, confesso que fiquei imaginando coisas quentes com ela, a gostosa tinha uma bunda grande deliciosa, que sorte meu filho tem.

Ficamos por umas 2 horas ali e depois voltamos para casa, chegando lá vimos que meu filho ainda estava dormindo, sentei no sofá e continuei tomando minha cerveja quando ela chegou me mostrando sua marquinha de biquíni nos peitos.

– Nossa, ficou uma delícia em. Falei.

– Ficou mesmo né?! Ela respondeu.

– Ficou sim, deixa eu ver aqui em baixo também. Respondi passando a mão nas coxas dela.

Comendo a namorada do filho

A safada pegou minha mão que estava sendo passada nas suas coxas e puxou seu biquíni para frente com ela, de modo que me mostrou a marquinha que estava na sua buceta.

Meu pau ficou duro instantaneamente com aquilo, a buceta dela estava lisinha e bem branquinha enquanto o resto do seu corpo estava mais moreno. Peguei a mão dela, passei no meu pau duro e falei:

– Olha como essa marquinha me deixou.

– Que delícia sogrinho, me deixou molhadinha. Falou a safada.

Não teve jeito, aquilo tudo tinha que acabar comigo comendo a namorada do filho. Peguei ela no colo e levei para o meu quarto, tirei a roupa dela e já fui enfiando meu pênis na sua buceta.

Ela arreganhou suas pernas e ficou gemendo baixinho e eu socando com força, uma hora ela gemia e dizia:

– Vai sogrinho vai, mete com força na minha bucetinha.

Aquilo me fez gozar rapidinho, gozei na testa da buceta dela enquanto ela olhava para mim com uma cara de vadia.

Fiquei com a consciência pesada por estar comendo a namorada do filho mas confesso que estou querendo chamar eles para um final de semana de novo, só para eu ter a oportunidade de comer ela de novo.

Comendo a namorada do filho
Comendo a namorada do filho