Comendo a velha safada e gozando dentro

Eu sou motoboy de aplicativo, um dia eu fui fazer uma entrega e terminei comendo a velha safada que fez o pedido, parece história de filme porno mas foi real.

A entrega era no apartamento 35, o porteiro mandou eu subir e deixar na porta dela, eu fui lá, bati na porta ela mandou eu entrar, quando entro me deparo com ela só de toalha, já fiquei imaginando outras coisas.

Passamos o cartão e quando eu ia embora ela segurou na minha mão e falou:

– Você nunca assistiu filme porno não?

– Já sim, mas o que isso quer dizer? Perguntei.

– Eu te atender só de toalha não faz você pensar em nada não? Perguntou ela.

– Faz sim, mas tenho medo de estar enganado. Respondi.

– Pode perder o medo, você é um belo rapaz e creio que eu também não sou de jogar fora. Falou ela.

– Não é mesmo não, mas porque iria me querer? Perguntei.

– Fetiche, e como falei, você é um belo rapaz. Respondeu ela passando a mão na minha barriga.

Comendo a velha

Quando ela passou a mão na minha barriga eu retribui passando a mão na barriga dela também, com isso ela foi se encostando em mim até ficar bem próxima da minha boca, peguei na nuca dela e dei um beijo bem gostoso.

Com este beijo ela ficou bem ouriçada e deixou sua toalha cair, ela não era uma super gostosa mas tinha uns peitos gostosos e uma bunda bem branquinha.

Ela tirou minha camisa primeiro e depois me levou para seu quarto, lá ela tirou minha calça, me deu uma toalha e falou para eu ir tomar um banho rápido no seu banheiro.

Me lavei e voltei para o quarto vestido com a toalha, ela se ajoelhou na minha frente, tirou a toalha e fez um boquete suculento.

Peguei no cabelo dela e deixei ela chupar por um tempo, depois falei que tinha que ser rápido porque tinha outras entregas, ai ela se levantou e falou:

– Então bora acelerar.

Ela ficou de quatro batendo uma siririca e falou para eu meter, eu me encostei e fiquei primeiramente esfregando meu pau na sua bunda branquinha e na sua xota, uma delicia, até que ela mandou eu enfiar de uma vez e eu obedeci.

Fiquei comendo a velha de quatro e apertando sua bunda, uma pressão enorme, ela gemia e falava vai, vai, vai.

Comendo a velha
Comendo a velha