Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos porno » Contos eróticos reais » Como Deixei de ser racista!

Como Deixei de ser racista!

Publicado em 30 de dezembro de 2022 por Guri do interior

Olá tudo bem! Espero que gostem do meu conto que resolvi compartilhar com vocês. Bem na época em que isto aconteceu comigo eu tinha uns 13 pra 14 anos e era um pouco preconceituoso com pessoas negras. Eu morava na cidade com meus pais mas nas minhas férias colegiais passava no sítio da minha madrinha no interior. No final das terras dela passa um riacho ia lá sempre tomar banho pescar ou caçar passarinho.

Nesse dia estava lá caçando dentro do mato quando parei pra mijar. E ao mijar comecei a mexer no meu pau que logo ficou duro e comecei a bater uma punheta sentado em um troco de árvore caída. Sem me preocupar com nada pelo prazer e tesão que estava sentindo na hora não percebi quando um negão já meio velho estava me olhando e então chamou minha atenção me perguntando. Tá gostosa essa punheta! Levei um susto e fiquei paralisado por alguns segundos sem saber o fazer ou dizer todo envergonhado. Até que ele se aproximou de mim e sorrindo disse pra mim ficar tranquilo que fazer isto era normal na minha idade e que ele também faz quando está sozinho no mato.

Dei uma risada de leve e ainda meio envergonhado perguntei a ele se ele já tinha sido pego fazendo isso. Então se aproximou mais de mim ficando na minha frente e disse que não mas iria adorar que alguém o visse e fosse lhe ajudar a bater pra ele e chupasse seu pau. Sem pensar bem no que dizer na hora respondi que seria ótimo se isso acontecesse. Aí foi que ele tirou seu pau pra fora da bermuda e pediu pra eu realizar a sua fantasia em segredo. Então eu comecei a dizer que não poderia fazer isso por que tinha medo que alguém poderia nos ver. Mas eu já não conseguia parar de olhar ele alisando seu pauzão preto e louco de vontade de pegar na mão até que ele pegou meu braço e mandou eu pegar em seu pau pra sentir como era ter outro pau na mão.

Aí vocês já podem imaginar o que aconteceu em seguida! Comecei a punhetiar aquele pauzão preto gostoso com vontade mas não demorou muito pra ele se sentar no tronco da árvore e me mandar chupar seu pauzão delicioso. Acho que não levou uns 10 minutos pra que ele gozar na minha boca segurando minha cabeça pra eu engolir sua porra. Confesso que na hora achei o gosto muito ruim comecei a cuspir o resto que ficou na boca e quase vomitei. Depois disso acontecer acabou o preconceito que tinha em relação a pessoas negras.  E hoje em dia eu adoro chupar um pauzão preto gostoso até fazer gozar na minha boca e também chupar uma bucetinha preta. Espero que tenham gostado do que leram obrigado!

2 1 vote
Avalie esse conto:
241 views

Contos Porno relacionados

Comentários

guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
© 2023 - Contos porno
0
Clique aqui para comentar esse conto!x