Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos porno » Contos de fetiche » Fui violentado e não sabia

Fui violentado e não sabia

Publicado em 16 de outubro de 2022 por Cafetão

Eu tinha 14 anos na época, qdo aconteceu. Meus pais trabalhavam fora,e eu ficava com a empregada…nessa época eu comecei ver filmes pornô na internet e batia uma bronha todo dia,meu pau passava pela transformação de pinto pra galo, já tinha pentelhos ao redor,e nunca medi mais era grandinho…cabeça bem rosada e lisinho um pouco curvado pra cima. Cheguei da escola e fui pro meu quarto bater uma,qdo eu estava no auge quase gozando é gemendo,a empregada passou no corredor é abriu a porta de uma vez…

Tomei um susto segurando meu pau fiquei vermelho na hora de vergonha,seu safado vou contar para seus pais o que anda fazendo,mais não tirava os olhos da minha rola…Ela então disse se vc quiser que eu não conte nada vai ter que fazer o que eu quiser, eu logo aceitei é perguntei o que Ela queria. que eu faria na hora…mais por favor não conte pra ninguém.

Então ela entrou fechou a porta e disse podemos começar agora já que está desse jeito,mesmo ela ali meu pau não abaixou,pelo contrário ficou mais duro ainda. Deixa eu de ajudar safadinho ajoelhou na minha frente eu ali sentado na cadeira olhando pra ela,e ela começou a passar a mão e elogiar como era grande pra minha idade,e que iria me ensinar tudo. Colocou a boca só na cabeça e chupava bem devagar só a cabeça, eu joguei minha cabeça pra trás e prendia a respiração gemendo gostoso a cada chupada,e ai foi subindo um fogo no meu corpo enqto ela ia entrando meu pau dentro da boca.

Chupou depois meu saco,é disse depois precisamos depilar esse saco,pra ficar ainda mais gostoso…e por hj é só. E saiu rindo…E eu fiquei ali de pau duro é terminei na bronha. Meus pais chegaram é ela só olhava pra mim,eu tremia de medo dela falar alguma coisa. No dia seguinte cheguei da escola e dessa vez fui deitar um pouco pois acordo cedo pro colégio, mais não passou uma meia hora e ela entra semi nua no quarto com um prestobarba na mão e disse vamos lá garoto já pro banheiro,e eu fazia tudo que ela queria, ela tirou minha roupa e ajoelhou na minha frente segurou puxando meu pau pra cima e começou a passar no meu saco,deixou ele lisinho…confesso que achei mto feio, então ela disse agora sim vamos ver como ficou…meteu a boca no meu saco é brincou com minhas bolas eu delirei segurando no box tirou todo os pelos do qual eu tinha o maior orgulho.

Mais estava mto gostoso. Os dias se passaram e eu não batia mais uma bronha qdo chegava da escola…qdo chegou o final de semana meus pais iam para um sítio de amigos e eu resolvi ficar,eram só adultos e tudo era mto chato…e foi nesse final de semana que fui descobrir que eu era estuprado e não sabia. Assim que ficamos sozinhos,ela então ficou só de calcinha pela casa, me chamou no quarto de meus pais,e ali deitada na cama toda a vontade. Agora vamos fazer a prova final rapazinho e me puxou pra cima dela é disse faz tudo que lhe ensinei ok…então comecei a beijar sua boca e chupar sua língua, nesse momento meu pau endureceu e latejava de tesão, comecei a lembrar dos filmes que assistia e fui fazendo meio sem jeito,afinal era minha primeira vez de verdade.

Fui até seus seios é chupei babando neles e engolia seus mamilos enchados,e ela começou a se mexer e gemer baixinho, chupei sua barriguinha até chegar no seu umbigo passei a língua nele chupando seu buraquinho, e desci mais um pouco até ver aquela xoxota completamente lisinha, segurou minha cabeça e abriu bem as pernas,pra que eu entrasse até o fundo com minha língua. Estava toda babada e me deu um certo nojo na hora porém a vontade de experimentar era mto maior e fechei meus olhos e meti a boca,ela se contorcia toda e pedia pra não para que estava fazendo gostoso. Chupei até ela gritar é gozou na minha boca.tinha um gosto estranho,meio adocicado…olhei pro o cuzinho dela todo melado resolvi enfiar o dedo,e ela trancou logo,vc é mto safado mesmo já tá querendo entrar onde não deve,mais na verdade ela queria mto aquilo deu pra sentir a vontade nela então botei a língua quente e pincelei até em cima na xoxota e descia de novo.

E enfiei de novo meu dedo e dessa vez ela ficou paradinha e gemia falando umas coisas estranhas tipo as atrizes do filme,tipo me fode gostoso soca com força, come esse cuzinho puto sem vergonha,e aquilo me excitava mto então eu enfiei meu pau dodinho na sua buceta até encostar minha barriga na sua bunda e comecei a bombar muito,meu saco doia de tanto bater no seu cuzinho… teve um momento que eu tirava e colocava que acabou entrando no cu dela de uma vez e ela gritou alto e gemeu gosto pedindo mais enfia tudo que tá gostoso…

E eu obedecia,qdo ela disse que ia gozar é queria tudo dentro dela eu senti um aperto no meu pau e jorrei tanta porra dentro dela que parecia não parar de jorra, puxei meu pau e ainda duro meti na xoxota dela e por incrível que pareça gozei de novo agora na xoxota dela que estava inchada de tanto meu saco bater nela,foi o melhor final de semana da minha vida…agora eu sabia o que era uma mulher na cama,vc me ensinou tudo certinho e agora vc não me engana mais,vou contar tudo para meus pais e eles vão mandar vc embora é denunciar vc pra polícia sua putinha safada,quem vai dar as cartas agora sou eu…e sai do quarto,no dia seguinte mandei um filminho pra ela e era da nossa trepada no quarto de meus pais,ela ficou doida,eentão disse a ela amanhã vou chamar um amigo da escola e vc vai dar umas chupadinha em nós dois,ou vc já sabe. E ela agora fazia tudo que eu queria…

2 1 vote
Avalie esse conto:
980 views

Contos Porno relacionados

Comentários

guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
© 2022 - Contos porno
0
Clique aqui para comentar esse conto!x