Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos porno » Contos eróticos de corno » Minha esposa e filha não resistiram ao negão na praia de nudismo

Minha esposa e filha não resistiram ao negão na praia de nudismo

Publicado em 1 de janeiro de 2023 por Paulo Souza

Meu chamo Paulo, tenho 40 anos e sou corno assumido faz 5 anos, minha mulher se chama Roberta tem 36 anos uma mulher de negócios e muito atraente, nós temos uma filha de 21 anos chamada Flávia, está fazendo faculdade de medicina, e ela sabe da nossa vida de cuckold e hotwife desde os 19 anos, nunca se importou e diz que somos livres pra fazer oque gostamos, ela até se dá muito bem com alguns machos fixos da minha mulher.
Certo dia quando estávamos já todos de férias, decidimos ir a uma praia de nudismo próxima, como já havíamos ido antes os três juntos, fomos num horário ideal no qual tem pouca gente. Minha esposa e eu ficamos nus, mas nossa filha fica de biquíni sempre. Claro que lá já rolava altas aventuras por lá, havia um local afastado onde as pessoas se reuniam para transar, minha mulher já reuniu 6 homens lá de uma só vez, era um dos nossos lugares favoritos.

Nós estávamos sentados na areia, minha mulher e eu, enquanto nossa filha dava um mergulho, eis que então surge um homem negro com cerca de 50 a 60 anos, grisalho e com um pau enorme balançando, minha mulher ficou de boca aberta, pôs, já tinha se relacionado com muitos homens negros, mas nenhum deles era tão volumoso quanto aquele senhor. Ela logo o chamou de longe.
-Ei, moço!!- ele veio até nós.

– Sabe se atrás daquelas pedras tem gente?- ela perguntou.

Ele respondeu que não, então nós apresentamos.
-Me chamo Roberta, esse é meu marido Paulo e aquela lá na água é nossa filha Flávia.

-Me chamo Airton, ele disse.

-Seu Airton, eu tava lhe observando daqui, o senhor é um homem muito bonito. -Disse ela na minha frente.
Eu propôs a ela fazer boquete rápido nele, já que ninguém ali tinha camisinha. Ele relutou um pouco mas aceitou, fomos pro local reservado atrás das pedras, mas sem antes de eu ir avisar nossa filha aonde iríamos.

Ela ajoelhou e chupou aquele pau preto, como se fosse uma linguiça assada e cheia de molho de churrasco. Eu assistindo com a mão no pau batendo punheta. Depois de um tempo nossa filha apareceu lá e viu a cena, ela também ficou impressionada com Airton, ficou hipnotizada com aquele pau, ficou ao meu lado olhando, vi como ela olhava, e perguntei: -num quer ir lá também?- no qual ela respondeu positivamente.

Então eu falei:

-Vida, a Flávia quer participar.

-Pode vim filha, tira o biquíni deixa com seu pai. Disse Roberta, claramente amando o que tava acontecendo.

-Iae seu Airton, topa com as duas? Perguntei eu. – Claro patrão completou

Flávia ficou pelada e foi até eles, Airton a cumprimentou como bom cavalheiro, e começaram a se beijar de língua enquanto Roberta ainda ajoelhada dava prazer ao seu membro. Depois do longo beijo, minha filha também ajoelhou e tratou de dar prazer a Airton com sua boca.

Eu estava louco de tesão, meu pau já dolorido de tanto me masturbar, já tinha gozado uma vez, mas quando Flávia entrou na brincadeira comecei a outra.

Então eu disse: – Come elas!!, Pode comer elas Airton, sem problema. As duas prontamente concordaram. Sem camisinha, ele pegou minha mulher por trás, enquanto minha filha atrás dele lhe chupava e beijava os ombros. Logo elas se inverteram as posições, eu então segurei as duas no colo uma de cada vez para ele as comer a atrás.

Então foram pro chão, fez 69 com as duas, depois botou elas pra cavalgarem nele, e as pegou por cima também.

Veio o momento final, elas se ajoelharam uma última vez, para receber o leite puro, daquele negão, eu me ajoelhei ao lado delas, minha mulher começou a me masturbar também. Ele gozou no rosto delas, berrando como se fosse um búfalo, elas começaram a brincar com o semen, pegaram um pouco do meu e compartilharam uma na boca da outra, e ia aumentando pôs se misturava a saliva.

Depois todos fomos pra água, tomar um merecido banho, elas se apaixonaram por Airton, na hora de ir embora, peguei o número dele e salvei. Só fui contar pra elas dias depois, então algumas vezes passaram a sair juntos, as vezes só com minha mulher e as vezes com as duas, mas nunca só com minha filha.

FIM…

5 1 vote
Avalie esse conto:
548 views

Contos Porno relacionados

Comentários

guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
© 2023 - Contos porno
0
Clique aqui para comentar esse conto!x