Minha sobrinha me acordou

Me chamo Gabriel tenho 38 anos , tenho uma sobrinha quando aconteceu o que vou contar ela tinha vinte anos.

Neste dia tinha virado 3 turnos e estava dormindo profundamente a tarde quando acordo com a catharina me comprimentando falando pra que eu acordasse pois estavamos no meio da tarde, ela desde a adolescência sempre foi carinhosa srntava no meu colo me abraçava rocando aquelas tetas deliciosas , quando ela me acordou me deu um beijo na bochecha logo estiquei o braço e ela veio me abraçar, falei pra ela que sentia saudade dela, ela me abraçou mais forte falando que também e me virei puxando ela pra cima de mim.

Quando senti aquele corpo quente e delicioso em cima de mim fiquei com o pau duro, ela disse nossa tio como está quentinho, coloquei a coberta sobre ela e ajeitei minha pica bem encostado na sua bucetinha ela olhou com uma cara de safada a ajeitou a perna pra deixar bem mais colado meu pau na sua xoxota, comecei a massagear sua costas ela falando que amava minhas mãos no seu corpo logo cheguei no seu bumbum e que bunda , ela estava com uma calça legin e uma calcinha de rendinha.

Comecei a massagear a bunda dela de uma forma que meu pau roçasse mais na sua xota, pude sentir sua respiração ficar ofegante, coloquei as duas mãos dentro da calça dela abaixado o suficiente pra sentir sua xota bem lisinha, coloquei meu pau pra fora e bem no meio de suas pernas ela estava encharcada, ela solta um gemido no meu ouvido e beija meu pescoço, começo a passar o dedo em seu cuzinho que pisca freneticamente enquanto fica roçando no meu pau.

Viro ela na cama e vou direto para o meio de suas pernas chupar aquela buceta deliciosa coloco o máximo que posso dentro dela ela puxa minha cabeça como se quisesse que entresse dentro dele , os bicos dos peitos dela estavam duros e enormes vou subindo beijando sua barriga e beijando seu corpo delicioso, quado che em suas tetas sinto o calor de sua cona e meu pau vai entrando deliciosamente suas unhas cravadas na minhas costas , ela esta enloquecida pedindo pra meter , posso sentir minhas bolas batendo em sua bunda suas pernas começam a tremer que orgasmo delicioso.

Levanto e coloco meu pau dentro de sua boca ela hupa feito criança enquanto ela chupa vou massageando sua xota encharcada e sua cuzinho, quando consigo colocar meu dedo no cu dela falo que e hora de ela me fazer gozar, ela vira de lado pra mim na cama, vou colocando a cabecinha dendro daquele cu apertado e fico um pouco só metendo a cabecinha , a safada me pede pra foder ela gostoso , enfio meu pau de uma vez a vadia urra de prazer e finca as unhas na minha perna quando sinto ela aliviar a mão comesso a estocar o cuzinho dela aperta meu pau de uma forma deliciosa, viro ela de quatro que visão linda daquela bunda , soco cada vez mais forte ate sentir minha porra encher aque rabo delicioso tiro meu pau e vejo minha porra escorrer pela perna de minha linda sobrinha, ela se deita na minha cama e ficamos até o inicio da noite juntinhos.