Mulata rabuda me deu a buceta e o cu

Saí com uma mulata rabuda que mora no meu bairro e ela me deu tanto sua buceta lisinha como seu cuzinho apertado que era uma delícia.

Sempre que me encontrava com essa morena na rua dava um sorriso para ela e ela dava um sorriso para mim mas nunca tínhamos se falado.

Um dia eu estava saindo da padaria e ela também estava saindo ao mesmo tempo, aproveitei e puxei assunto, perguntei onde ela morava direitinho e se ela solteira, ela respondeu que morava em uma rua que fica duas ruas de distância da minha e que era solteira sim. Aproveitei e passei meu Whatsapp para ela, não peguei pois estava sem o meu celular.

Ela falou que quando chegasse em casa ia me chamar para eu salvar o número mas infelizmente naquele dia ela não chamou.

Já estava sem esperanças de pegar aquela mulata rabuda quando chegou o final de semana e quando menos eu esperava ela me chamou no Whatsapp e perguntou se eu queria pegar um cinema com ela, eu estava sem fazer e aceitei o convite, fomos para o shopping.

Mulata rabuda

Dentro do cinema as coisas já começaram a ficar quentes, na nossa fileira não tinha ninguém sentado e eu aproveitei para tirar uma casquinha dela, primeiro se beijamos bem gostoso e no que o tempo foi passando cada vez mais minha mão foi subindo por suas coxas.

O beijo dela era tão bom que chegou uma hora que o tesão já falava mais alto e eu na cara de pau coloquei minha mão por dentro do short dela até chegar em sua buceta, ela muito safada deixou numa boa e eu fiquei alisando o seu clítoris.

Acabou o filme eu perguntei se ela queria continuar o que a gente começou no cinema, ela disse que sim, então pegamos um Uber e fomos para o motel.

Quando chegamos o meu pau já estava duraço, pronto para foder aquela mulata rabuda, nos beijamos e já fomos tirando a roupa.

Quando vi a mulata pelada fiquei louco, a buceta dela era bem lisinha e carnuda, chupei bem gostoso, deixando a safada molhadinha sedenta por pica.

Depois que ela ficou se contorcendo toda de prazer com a minha chupada eu puxei uma camisinha da minha carteira e fui colocar no meu pau, mas ela falou que eu poderia meter sem camisinha mesmo, que ela tomava remédio e que queria sentir a minha pica dentro de sua xota.

Eu então comi a mulata rabuda sem camisinha mesmo, primeiro coloquei a cabecinha na sua xota e quando ela gemeu eu empurrei toda fazendo ela dar um gritinho.

Metia com força na posição frango assado e dava tapas na cara dela que pedia mais e mais, comi a safada até ficar perto de gozar, não tive coragem de gozar dentro e botei ela para mamar meu pau até eu gozar na sua boquinha.

Mulata rabuda
Mulata rabuda

Também veja: