Pirocada forte na minha colega de faculdade

Sou o Leonardo, tenho 25 anos e neste conto erótico relato como dei uma pirocada forte na minha colega de faculdade gostosa.

Era sábado, fui para a casa da minha colega fazer um trabalho da faculdade, terminamos era 22 horas, exaustos decidimos sair para um barzinho beber algumas cervejas para desopilar.

Entre uma cerveja e outra o papo foi ficando excitante, o clima foi esquentando e trocamos beijos de língua, era o presságio de que a noite seria boa.

Após alguns beijos convidei a moça para ir para um motel, curtir um banho de banheira e relaxar depois da noite de estudos, ela sorriu, ficou pensativa mas no final aceitou o convite.

Pirocada no motel

Fui tomar banho e ela foi para a hidromassagem que ficava em uma área externa do quarto, me lavei e fui correndo para lá. Ao chegar na hidro me deparo com a gostosa pelada de quatro com seu bumbum empinado destacando uma marquinha de biquíni, fiquei muito excitado.

Entrei na hidro e apertei a bunda dela, ela olhou para trás e falou: “Vai fazer só isso?”.

Sorri, coloquei uma camisinha no pau e dei a primeira pirocada nela, botei só a cabecinha e ela pediu para eu socar toda, assim eu fiz, empurrei toda com força.

Comi ela de quatro por alguns minutos até que ela se levantou um pouco e pediu para eu acariciar o seu clítoris, que assim ela sentia mais prazer, obedeci ela.

Eu socava na sua buceta e revezava entre acariciar o clítoris e apertar os seus seios, ela gemia alto e pedia para eu meter mais que tava gostoso. Gozamos juntos em uma sintonia maravilhosa.

Nos lavamos e nos deitamos para descansar, colocamos uma música no som e ficamos relaxando.

Não demorou muito, ela se deitou por cima de mim e falou que queria mais uma pirocada, mesmo sem ter muita força tive que honrar minha masculinidade, primeiro dei um banho de língua nela e enfiei meus dedos na sua buceta até que meu pau ficou duro novamente e comi ela na posição frango assado.

Era só pirocada violenta e cada vez mais ela falava no meu ouvido que queria mais, que eu era gostoso, que eu era safado, eu perguntava o que ela era e ela respondia que era uma putinha safada, que era minha putinha.

Resumindo, foi o melhor sexo da minha vida.

Pirocada
Pirocada