Transando com o namorado na casa dele cheia de gente

Um dia eu estava com muita vontade de foder e acabei transando com o namorado na casa dele que estava cheia de visitas que ele tinha que dar atenção. Saiba mais abaixo.

Sou Amanda, tenho 28 anos, sou loira, coxas grossas, bumbum grande e seios médios. Adoro sexo, meu namorado também.

Minha rotina: fim de semana na casa do namorado, vemos filme, lanchamos e trepamos bem gostoso até tarde, depois ele me traz. Só de pensar já fico toda molhada, com um tesão da porra.

Como iria receber parentes no fim de semana tinha que foder com aquele gostoso do cacete, somente sexta-feira, fazer o que né.

Tomei um banho, imaginando aquele cheiro de macho gostoso, fui ficando com tesão e acariciando minha bucetinha que já estava inchadinha de tanto tesão, e em poucos minutinhos gozei gostosinho na ducha.

Coloquei um vestido curtinho, uma micro calcinha, perfume e fui correndo pra casa dele para tirar o atraso.

Quando cheguei na porta ouvi uma zoeira, vozes, risadas, ele chega na porta, e fala:

– Sujou meu amor minha família veio me visitar nem deu tempo de te ligar!

Fiquei arrasada mas ainda estava louca de tesão.

Ele pediu desculpas por não poder fazer nada, mas prometeu que outro dia me recompensaria.

Mas eu não ia desperdiçar a minha noite, peguei uma cerveja, aumentei o som e comecei a dançar. Puxei ele pra junto de mim e dançamos coladinhos, eu apertava meu corpo no corpo dele, me esfregava e dava beijinhos naqueles lábios deliciosos.

Ele dava atenção aos parentes e eu continuava lá bebendo e desfilando minhas coxas grossas e minha bunda grande, que ficava ainda maior no vestido curto.

Depois de beber um pouco mais chamei atenção de um primo dele, dançava e rebolava e percebi que todos olhavam para mim

Meu gato percebeu e foi lá gentilmente me puxar, mas eu o puxei, arrebitei bem a bunda e fiquei rebolando de costas pra ele, colando minha bunda no seu pau.

Primeiro ele tentou sair, mas eu rebolei tanto que senti o pau duro na minha bundinha.

Depois saí da sala e fui ao banheiro, senti um empurrão na porta, ele entrou me deu um tapa e me mandou calar a boca.

Transando com o namorado gostoso

Falou que eu estava maluca , igual uma puta na frente da sua família.

– Se veste como puta, dança como puta. Então vai terminar transando com o namorado como puta agora.

Colocou-me em cima da pia e enfiou a mão rasgando minha calcinha de uma vez só, deixando só o caralho, enterrou a pica dura dentro da minha xota de uma só vez.

Falei:

– Ai seu bruto.

Ele foi com tudo, puxou meu cabelo e socou o pau todo lá no fundo, eu não conseguia respirar.

Ele gemia e falava:

Você me provocou a noite toda, queria rola né,queria pau nessa buceta, então aguenta, rebola agora nesse caralho, só veio para aqui porque queria ficar transando com o namorado né vadia.

Eu rebolava e gemia, sentia seu pau me arregaçando e ele suando metendo com toda força e com raiva.

Falei que ia gozar, ele tirou o pau na hora, me puxou e me fez abocanhar aquele caralho todo na minha boquinha de putinha vadia cheia de tesão.

Fodia minha boca na mesma velocidade que estava fodendo minha buceta. Levava o pau até minha garganta e gritava de tanto tesão!

Começou a gozar na minha boca, mas tirou o pau e deixou o resto da porra lambuzar meu rosto, peito e vestido, toda melada igual puta.

– Pronto, gostou sua putinha sua safada, já ficou transando com o namorado, pode ir agora! Ele disse.

Fui pro carro, não sentia raiva, estava com tesão, ainda queria mais e comecei a esfregar minha bucetinha de novo! Nisso alguém bate no vidro!

Era meu namorado, ele disse:

– Desculpa, fiquei preocupado de tê-la magoado.

Quando percebeu o que estava fazendo, falou:

– Nossa sua safada! Eu preocupado com você e você se esfregando de novo, quer gozar né sua puta!

Pôs os dedos na minha xoxota encharcada, a língua no meu grelinho, lambia e chupava mais forte, aí parava e colocava o dedo no meu grelinho e não aguentei e gritei enquanto gozava na boca dele, fiquei sem forças de tão forte que gozei.

Agora sim, estava realizada, abracei meu amor e ficamos ali quietos, sem conseguir falar nada, só curtindo todo o prazer que tivemos!

Quando se ama e doidos por sexo como nós dois, nenhum parente pode atrapalhar uma transa gostosa e intensa como a nossa! Fiz o que eu queria, saí toda safada e terminei transando com o namorado gostoso que sabe me comer com força.

Transando com o namorado
Transando com o namorado