Transando no capô do carro parado

Voltando de uma viagem eu terminei transando no capô do carro parado na beira da estrada com meu namorado que tem um pau delicioso.

Meu namorado muito gostoso foi me buscar no aeroporto, e tínhamos um caminho longo até chegar na sua casa. Depois de oito dias sem senti-lo, eu desejava intensamento o corpo do meu amado tocando o meu.

Quando o encontrei e me vi nos braços dele, meu corpo se encheu de alegria e paixão. Fomos até o carro, abraçados e lá nos beijamos muito. Eu estava sem calcinha, e ele adora muito que eu fique sem calcinha. Nos beijamos, ele começou a passar a mão pelo meu corpo, até chegar na minha buceta, que carinhosamente chamamos de menina. Eu fui ficando molhada…

Transando no capô do carro

Comecei a passar a mão no corpo dele, que é delicioso. Então minha mão tocou aquele pau tão gostoso, que também chamamos de soldado. Ele já estava durinho, pronto pra entrar dentro da minha buceta quentinha e molhada.
Beijei meu amor, beijei seu pescoço, fui o provocando, e comecei a beijar o soldado. Ele estava rígido, lembro-me como se fosse agora. Uma delicia. Molhadinho… Bem do jeitinho que eu amo ter na minha boca.

Tirei minha roupa, ele ligou o carro e partimos. Meu namorado foi mexendo na minha buceta, até encontrar um lugar bem gostoso pra foder a puta dele.

Ele parou o carro na beira da estrada, se não me engano era uma BR, na frente de um posto de gasolina, era por volta das duas da manhã. Ele estava sem camiseta, eu havia colocado meu vestido novamente. Saímos do carro, começamos a nos beijar, ele me colocou de bruços no capô, começou a me apertar pela cintura, e me provocar com aquele pau tão gostoso. Então ele começou a meter ele em mim, devagarzinho, bem do jeito que eu amo tanto, e a brincar com o dedo no meu cuzinho, que é outra coisa que me deixa louca… Ele me batia, me dava vários tapas na minha bunda gostosa, tapas fortes e ficava falando que estava fodendo a puta dele, a cachorra dele. Me puxava pelo cabelo.

Depois ele me virou de frente e começou a me foder, muito, muito gostoso. Só de lembrar os bicos dos meus seios ficam durinhos, e sinto minha buceta latejando de tesão. Nessa altura percebemos que os carros diminuíam um pouco a velocidade para nos ver. Era um lugar bem aberto, apesar de a iluminação ser um pouco baixa, tenho certeza que era nítida.

Em seguida, ele falava coisas do tipo “tá ouvindo o carro passando? Eles estão vendo eu fodendo a minha puta”, o que me levava a loucura. Comecei a bater uma siririca muito gostosa enquanto ele estava me fodendo, e ele adora me ver batendo, eu gemia bem gostoso. Meu namorado estava todo suado nessa altura, e eu adoro quando ele me fode assim, fica muito mais gostoso.

Meu amor estava metendo em mim de uma forma tão gostosa, me dando tapas na cara e com uma expressão tão gostosa, que quando ele me falou que ia gozar, tive a sensação de que meu corpo ia pegar fogo, acabei ficando muito mais excitada, e pedi pra ele gozar bem gostoso dentro de mim, e acabamos gozando juntinhos.

O meu amor me fode de uma forma tão gostosa, tão intensa. Eu simplesmente amo ser a puta dele. E apenas dele! Ficar transando no capô do carro com ele ali foi um dos melhores sexos da minha vida, nunca vou esquecer deste dia maravilhoso.

Transando no capô do carro
Transando no capô do carro