Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos porno » Contos eróticos picantes » Troca de casais com muita putaria e gozo

Troca de casais com muita putaria e gozo

Publicado em 5 de fevereiro de 2019 por Cafetão

Meu nome é Fernanda, tenho 38 anos, mesma idade do meu esposo João. Fazemos terapia de casal e tentamos apimentar nossa vida sexual da forma que conseguimos. Hoje vou relatar para vocês como foi a primeira troca de casais que fizemos.

Com o passar do tempo nosso tesão diminuiu e temos que recorrer a itens que podem estimular o nosso prazer. Da última vez meu marido me comeu com um vibrador grosso de 22 cm e foi a melhor coisa. Quando ele meteu sua rola minha xoxota estava muito aberta, seu pau deslizava com facilidade.

Eu sempre fui muito ciumenta, a ponto de ser submissa de todas as formas. Em uma das nossas conversas meu marido havia proposto de fazermos troca de casal, mas eu achei aquilo um absurdo. Recusei na hora, ficamos sem nos falar por uma semana.

Mas ele nunca desistiu…

Numa sexta-feira em que as crianças estavam nas casa dos avós, meu marido me ligou do trabalho para falar que Carlos e Andreia (nossos amigos) iriam jantar em casa. Eu não imaginei que aquele jantar poderia ser uma troca de casais.

Então, preparei a janta, usei dos meu dotes para cozinhar para meu marido e para meus amigos, que logo mais se tornariam meus “amantes”.

Troca de casais entre amigos

Jantamos, tomamos algumas taças de vinho. Já estávamos bêbados, falando alto e o papo estava muito bom. Não lembro do que estávamos falando, mas me recordo bem quando Carlos falou para Andreia: “Mostra o que vinhemos fazer aqui”.

Imediatamente ele segurou na minha mão enquanto Andreia lambia a orelha do meu marido. Ele fez isso para tentar me controlar. A cara de Andreia já era outra, ela estava possuída pelo tesão.

Eu estava tremendo, com a mão toda soada, sem acreditar que aquele jantar terminaria em troca de casais. Carlos percebeu meu nervosismo e veio falar no meu ouvindo: “Não tenha medo, só vou te foder. Não vai doer, garanto!”.

Me afastei um pouco dele e pude ver Andreia no colo do meu marido aos beijos com ele. Fiquei sem reação nenhuma, continuei apenas sentada no mesmo lugar.

Carlos mais uma vez tentou se aproximar de mim, ele veio em minha direção e passou as mãos nos meus peitos. Ele encheu a mão com os meus peitos. Minhas pernas tremeram na hora, mas senti um poder de dominação que eu nunca havia sentido na vida.

Segurando meu mamilo ele veio em meu ouvido e falou: “Não tenha medo, você vai gostar de sentir minha rola na sua buceta“. “Você será minha puta do prazer”, continuou.

Depois disso ele me beijou, foi um beijo demorado e a mão dele não largava meu peito. Parece que eu apaguei na hora e acordei na cama já pelada. Estávamos nós quatro pelados na cama fazendo troca de casais.

Meu marido fazia meia nove com Andreia, ele por baixo e ela por cima. Ele parecia realizado com o corpo dela.

Ele metia a língua com força na buceta de Andreia e ao mesmo tempo lambia o cu dela. Que corpo que ela tem! Uma bunda grande de deixar qualquer mulher com inveja. Ele intercalava entre a buceta e o cu dela.

Eu estava parada olhando quando de repente Carlos vem pelas minhas pernas e enfia sua boca na minha buceta. Ele enfiou toda sua boca na minha xoxota. Me senti como se estivesse sendo roubada, mas permiti que ele continuasse. A língua dele fazia círculos sobre o meu clítoris.

Ele chupava a minha buceta como se fosse a última vez que ele fosse cair de boca em uma. De repente ele parou, olhou em direção do meu marido e disparou: “Que xoxota gostosa! Deixa eu fodê-la todos os dias!”. E continuou a me chupar. Eu já estava toda molhada de tesão, dava para sentir aquele líquido escorrer pela minha xota.

Meu marido mudou de posição e Andreia continuou a mamar o cacete do meu marido. Ela estava com o pau do meu marido na boca e brincava como se fosse um sorvete. Estava lambuzada com a rola.

Ele virou para o meu lado e começou a me beijar e não demorou muito para Andreia participar e darmos um beijo triplo.

Foi a primeira vez que beijei uma mulher, era estranho mas ao mesmo tempo gostoso e meu tesão estava a mil. A boca de Carlos na minha buceta estava muito gostoso. Naquele momento eu só queria ser penetrada, sentir centímetro por centímetro da rola dele dentro de mim.

Afastei o rosto do meu marido e continuei a beijar Andreia, ele deve ter estranhado, mas eu já estava entregue por inteiro naquela troca de casais. Enquanto nos beijávamos recebíamos boquete. O meu marido comia a buceta de Andreia com a boca e Carlos ainda estava a se deliciar na minha.

De repente senti um negócio grosso abrir as paredes da minha buceta. Não era o meu marido, era o Carlos. A rola dele adentrava devagar e fazia caminho por onde passava até que entrou toda dentro de mim. Parei de beijar Andreia e dei atenção para aquele cara que ia arregaçar minha pepeca por alguns minutos.

Meu marido já estava dentro de Andreia metendo com força, fazendo aquele movimento de vai e vem que só eu conhecia. Levantei as pernas e fiquei de frango assado, colaborei para que aquele cacete grosso me deixasse aberta.

Ele metia em minha xota e a cada metida eu sentia que estava gostando. Senti a rola dele toda dentro de mim, tocando o meu útero. Eu poderia falar que estava doendo, mas na verdade tudo aquilo estava me excitando.

O efeito do vinho já tinha passado e cada vez mais eu sentia que estava dominando a situação e sóbria. Ele metia e me beijava. A essa altura eu não ouvia os gemidos de Andreia com meu marido, eu só ouvia o barulho do corpo dele contra o meu.

Trocamos de posição e agora eu iria dominar aquela rola. Eu poderia fazer o que eu quisesse. Meu marido estava a me olhar e sem acreditar que realmente aquela era eu. Mas era SIM! Eu queria cavalgar naquela rola, queria me sentir desejada, mulher.

Empinei meu rabo e cavalguei no pau do marido da minha amiga, ele gemia de tesão enquanto suas duas mãos estavam sobre minha bunda. Ele deixou eu me realizar. Eu não acreditava no que estava fazendo, mas continuei. O cacete de Carlos, meu “amante” estava molhadinho com meu tesão. Ele parecia que estava se segurando para não gozar, mas minha vontade era que ele gozasse dentro mim.

Continuei a rebolar na rola dele, minha xota já estava quase no seu limite. Estava bem larga, no seu terceiro orgasmo, quase indo para o próximo quando escuto Carlos falar que iria gozar: “Estou gozando”, gritou. Depois disso só ouvi seu berro e seu esperma entrar na minha buceta.

Senti que minha xoxota estava cheia de esperma e logo começou a escorrer. Caraca, que gozada farta, foi um porno brasileiro delicioso.

Meu marido já tinha gozado e estava deito na cama olhando minha performance na rola do nosso amigo. Deitei sobre o corpo do Carlos e adormecemos.

Volta e meia renovamos os votos e Carlos e Andreia são sempre nossa primeira opção.

Troca de casais

Troca de casais

5 1 vote
Avalie esse conto:
537 views

Contos Porno relacionados

Comentários

guest

4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos Aurélio
Marcos Aurélio
4 meses atrás

Eu amaria fazer uma troca de casais e muito excitante

PIRES
PIRES
3 anos atrás

MUITO BOM, SÓ QUEM JÁ FE\Z TROCA DE CASAIS SABE COMO E GOSTOSOS

Paulo
Paulo
Reply to  PIRES
7 meses atrás

Tenho vontade de experimentar

Paulo
Paulo
Reply to  PIRES
7 meses atrás

Gostei do seu conto me excitou muito,
Mas tenho vontade de fazer uma troca de tanto relatos que leio

© 2022 - Contos porno
4
0
Clique aqui para comentar esse conto!x