Sou safada, muito safada, muito mesmo

Olá pessoal, meu nome é Laura, tenho 19 anos, sou safada, muito safada, neste breve conto vou relatar o quanto sou devassa.

Sempre fui viciada em rola, pau, caralho, saco, bolas, porra, leitinho de macho. Começo beijando um macho e já ajoelho, me chamam de vagabunda, já levo pra mamar. E rapidinho gozam na minha boca e querem mais.

Alem disso, eu também amo ser usada como um objeto, tratada como a vagabunda mais fácil, a cadela mais suja e a maior submissa de todas só pra ganhar meu leitinho. Sinto um imenso prazer apanhando, na cara mesmo, com força, enquanto sou xingada de tudo o que quiserem e engasgo numa rola.

Sou safada demais

Meu vicio é chupar rola e tomar porra, mas isso me da um tesão tao imenso (a ponto de só ter a boca fodida sem usar as mãos e gozar muito) que nesse momento me sinto na obrigação de ser uma cadela, arrombada na buceta e no cuzinho.

Desde, claro, que gozem na minha boca. Se não gozarem, eu mesmo pego a porra com o dedo e começo a lambe-los, lambendo também o saco e as coxas onde respingou meu leitinho.

É isso, um vagabunda no ouvido já me faz ajoelhar, babar bem no pau, nas bolas e engolir tudo, com a língua pelas bolas, sentindo o cheiro de macho bem na minha cara. Os homens, claro, sabem disso, e me tratam como o deposito de porra que sou.

Dizem que querem aliviar e já me ajoelho, mordo os lábios e deixo ele foder na minha boca, as vezes na buceta, cu ate gozar. Ah, isso sem contar as festinhas… Onde eu sirvo todos e to sempre mamando, de quatro, como uma cadela, pra qualquer um chegar metendo onde quiser, gozar e me largar pra outro macho. Quem sabe futuramente, se voces gostarem, eu não falo mais sobre isso…

Sou safada
Sou safada